quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Cachaças artesanais da Bahia conquistam destaque na produção associada ao turismo





Bebidas artesanais produzidas na Bahia são destaques da Exposição de Cachaças no Nordeste, realizada durante a Exporural, que segue até domingo (20), no Parque de Exposições de Salvador, com apoio da Secretaria do Turismo do Estado (Setur). Mais de 20 marcas de cachaça produzidas no estado estão à mostra para degustação e venda. Em visita à exposição, na noite desta quarta-feira (16), o secretário estadual do Turismo, José Alves, falou sobre o emprego de produtos típicos da Bahia na cadeia do turismo como alternativa para geração de renda para comunidades baianas. “Trabalhamos a Produção Associada ao Turismo com a intenção de promover o fornecimento de produtos regionais, como a cachaça, a hotéis, pousadas, bares, restaurantes e lojas de suvenires”, explicou Alves, que estuda o pedido dos produtores para incluir a bebida em ações de promoção do destino Bahia. De acordo com o empresário Raimundo Freire, a Bahia conta com 25 produtores legalizados, que oferecem cachaças de alta qualidade. Entre os destaques da produção baiana estão cachaças Rio do Engenho e Matriarca, dos municípios de Ilhéus e Medeiros Neto, respectivamente, bem como a Serra das Almas, de Rio de Contas, que é conhecida como primeira cachaça orgânica do país. Para Freire, estudioso da bebida e um dos expositores do evento, os produtores baianos devem se associar para promover a cachaça como marca da Bahia. Além de possibilitar a melhoria dos produtos, o trabalho conjunto pode beneficiar o turismo, com a profissionalização de visitas aos fabricantes, assim como acontece com o enoturismo, no Vale do São Francisco. A profissionalização do turismo da cachaça é um dos objetivos de Nelson Luz Pereira, diretor da Associação de Produtores de Aguardente de Qualidade da Microrregião de Abaíra, responsável por uma das cachaças baianas mais conhecidas no mercado brasileiro, com produção anual de 200 mil litros. Segundo Pereira, a produção da cachaça Abaíra já é acompanhada por turistas que visitam a Chapada Diamantina, mas ainda é preciso promover a constante qualificação de empresários e trabalhadores da região.

Brasileiro escapou de ataque e voltou ao local para ajudar vítimas




Em seu primeiro dia em Barcelona, o médico carioca Bernard Giancristoforo Campos, 26, caminhava pelas Ramblas em direção ao mercado La Boqueria na hora do atentado terrorista desta quinta-feira (17), que matou pelo menos 13 pessoas e feriu 100. "Foi quando ouvimos uma gritaria bem na nossa frente e vimos uma van branca vindo em nossa direção", conta. Campos estima que o veículo estivesse a cerca de 10 metros dele quando percebeu a confusão e que precisaria correr. Ele e o amigo buscaram abrigo em uma cafeteria e se esconderam atrás do balcão "para entender o que estava acontecendo." "Depois de 10 a 15 minutos, eu mandei um áudio para a minha mãe para avisar do atentado, que a minha bateria ia acabar e eu ia sair para ajudar as pessoas de lá." O médico diz que faltavam equipamentos de socorro para a quantidade de feridos. As ambulâncias demoravam a chegar. "Eu levei uma menina da Ásia, acho, deve ter uns 30 anos, para o hospital. Eu segurando a cabeça dela como um colar cervical e pedindo para fazer soro porque ela estava politraumatizada." Depois do hospital, ele andou pelas ruas à procura de um táxi que o levasse de volta para o albergue onde está hospedado, perto do local do atentado. O sistema de transporte público foi paralisado após o ataque. Campos ainda seguirá em Barcelona por mais alguns dias. Sua primeira viagem a Europa começou por Madri, e ele ainda passará por Amsterdã, Paris e Londres. "Hoje eu não saio. Não sei como vai ser nos outros dias. Nos últimos dois dias, então. Vou ter que dar um jeito de esquecer isso".

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Esposa agride marido por não lhe satisfazer na cama: ‘Quero 10 vezes por dia’



Casos o de violência sexual e violência doméstica são noticiados todos os dias em vários meios de comunicações. Sempre as principais vítimas são crianças, adolescentes e mulheres. Mas neste caso, a vítima não é do sexo feminino, mas, sim, do masculino.

Muitas vezes ouvimos falar de violência doméstica em casa, onde o marido abusa da esposa, mas raramente ouvimos falar que o marido sofre violência sexual em casa.

No entanto, acontece com mais frequência do que você pensa, como comprovado por este caso recente de um marido abusado sexualmente por sua esposa porque não conseguiu satisfazer o apetite sexual dela. Conforme informações da imprensa chinesa, o homem tem 32 anos e trabalha em uma fábrica na cidade de Klang, na Malásia.

Segundo ele, tem que satisfazer sua esposa sexualmente pelo menos de sete a dez vezes por dia. Ainda de acordo com a vítima, mesmo relatando que chega muito cansado do trabalho, é obrigado a manter relações sexuais com a esposa do mesmo jeito.

Se ele recusasse os pedidos, teria que se ajoelhar e receber uma punição. A #Mulher usa uma vara de bambu para agredir repetidamente várias partes do corpo do marido. Aparentemente, a vítima suportou os maus-tratos da esposa por vários anos antes de finalmente procurar ajuda.

O homem abusado procurou o responsável pela Polícia Comunitária de Klang, Kuan Chee Heng, para lhe ajudar, pois, não estava mais aguentando ser vítima da violência doméstica praticada pela esposa. De acordo como Heng, o homem trabalhador em uma fábrica, enquanto esposa, de 31 anos, é dona de casa em tempo integral.

O casal tem vários filhos. Quando o marido o procurou, acrescentou ele tinha várias marcas de agressão que cobriam seu corpo e nádegas. A vítima também disse que não queria fazer uma denúncia porque estava com vergonha e queria manter sua família preservada.

Heng aconselhou o homem a ter uma conversa com a esposa e fazê-la buscar ajuda médica e aconselhamento. O responsável pela Polícia Comunitária também disse que este ano recebeu uma média de sete a oito relatos de maridos abusados, mas pode haver muitos outros casos que não são relatados, já que o marido geralmente tem vergonha de fazer a denúncia.

As idades dessas vítimas variam, mas está principalmente na faixa dos 30 a 40 anos, mas ele também teria recebido queixas de alguns maridos com mais de 50 anos de idade. Ele disse que, às vezes, a esposa usa até faca para ameaçar o marido.

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Justiça condena Globo a pagar pensão vitalícia para figurante por acidente em novela





O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) condenou a Rede Globo, na tarde desta terça-feira (8), a pagar pensão vitalícia de meio salário mínimo, além de R$ 30 mil por danos morais, a um figurante após cair de uma arquibancada de 4 metros de altura durante gravação da novela "América", em 2005. Segundo o TV Foco, a emissora tentou derrubar a decisão da segunda instância, mas não conseguiu. Ainda de acordo com a nota, o profissional ficou parcialmente incapaz com o acidente.

"Estou vivendo um período difícil", diz Padre Fábio de Melo




O padre e cantor Fábio de Melo, que atua na diocese de Taubaté, no interior de São Paulo, falou a respeito da síndrome do pânico da qual sofre atualmente em entrevista ao programa "No Ar", na Rádio Globo. "Eu sou extremamente aberto a contar minhas fraquezas. Acabei de te dizer que estou enfrentando uma síndrome do pânico. Não tenho medo da minha humanidade, sei que sou afetivamente exigido o tempo todo, faz parte do meu trabalho, as pessoas se aproximam de mim e chegam muito afetuosas, cheias de histórias. E é claro que há um desgaste emocional natural de tudo aquilo que eu faço", contou. "Estou vivendo um tempo muito difícil na minha vida, mas com muita disposição, também, não me sinto vítima. Não gosto desse 'ai, coitadinho, tá cansado'. Quero continuar minha vida e fazer o que eu faço", disse Melo.

domingo, 6 de agosto de 2017

Micareta de Una 2017


primeira noite – Parte 1


A primeira noite da Micareta de Una 2017 foi um sucesso. Muita alegria, gente bonita e segurança marcaram a sexta-feira, 04.

Na noite de ontem além de diversos foliões brincarem ao som de Circuito Fechado, Oz Bambaz, Muzuê e Di Bali, os deputados federais Bebeto Galvão e Mario Negromonte Jr estiveram no circuito ao lado do prefeito Tiago de Dejair, seu vice prefeito Nildo Som e os vereadores de Una Dilsinho, Man, Tita de Davi e Soninha. Além disso também se fizeram presentes na festa a vereadora Rose e o vereador Professor Jorge.

Confiram a alegria de foliões estampadas nas lentes do Atitude em Una



Galeria 1






Galeria 2





Galeria 3





Galeria 4





Galeria 5





Galeria 6





Galeria 7





Na primeira noite de alegria que marcou o retorno da Micareta de Una, o cantor da banda Oz Bambaz chamou o prefeito da cidade, Tiago de Dejair para subir no trio para tocar cavaquinho. Esse, não se fez de rogado e subiu, não é que o rapaz deu um show a parte na avenida. Confiram o vídeo na íntegra:
Hoje tem mais festa a partir das 20h, a festa será comandada pelas bandas Via de Acesso, O Arrasto, Rogger Marques, além da Vingadora, às 22h, e É O Tchan, à 1h. #VemPraUna #MicaretaDeUna2017







A primeira noite da Micareta de Una 2017 foi um sucesso. Muita alegria, gente bonita e segurança marcaram a sexta-feira, 04.

Na noite de ontem além de diversos foliões brincarem ao som de Circuito Fechado, Oz Bambaz, Muzuê e Di Bali, os deputados federais Bebeto Galvão e Mario Negromonte Jr estiveram no circuito ao lado do prefeito Tiago de Dejair, seu vice prefeito Nildo Som e os vereadores de Una Dilsinho, Man, Tita de Davi e Soninha. Além disso também se fizeram presentes na festa a vereadora Rose e o vereador Professor Jorge.

Confiram a segunda bateria de fotos e a alegria de foliões estampadas nas lentes do Atitude em Una

Galeria 1





Galeria 2





Galeria 3






Galeria 4





Galeria 5





Galeria 6





Galeria 7





Galeria 8





Galeria 9





Galeria 10







fonte: atitude em una